x

Dicas

Dicas

26/09/2016

Dicas

A perda de memória é um problema para pessoas que chegam na terceira idade. Exemplos de perda de memória:

    • Ter problemas em lembrar de atividades diárias ou esquecer de compromissos como por exemplo pagar contas, ligar para os amigos, etc.
    • Deixar o forno ligado depois de cozinhar ou esquecer onde você deixou as coisas.
    • Há menos problemas para lembrar de pessoas e eventos do passado mais distante. Mas há muitas medidas que você pode tomar para melhorar sua memória e ajudar a lembrar das coisas cotidianas.
    • Além disto, o médico pode ser capaz de indicar onde você pode obter uma avaliação independente quanto à capacidade de direção. Tais avaliações freqüentemente podem ser feitas no departamento de trânsito.

A memória

Especialistas dizem que os comportamentos básicos a seguir ajudam qualquer um a melhorar a memória.

Durma bem – Tenha 7 horas ou mais de sono por noite. Experimente estas dicas para uma boa noite de sono.

    • Mantenha seu dormitório escuro, quieto e tranqüilo.
    • Restrinja a cafeína, especialmente à tarde e no início da noite.
    • Vá para a cama e acorde na mesma hora todos os dias.
    • Se você se aborrece com a necessidade de ir ao banheiro à noite, fale com seu médico.

Respire profundamente – Seu cérebro precisa de um suprimento fresco de oxigênio para uma boa memória. Tente respirar profundamente.

Exercícios – Exercícios regulares trazem oxigênio para o cérebro, reduzem o estresse e melhoram a memória.

Tenha uma dieta balanceada – Uma dieta pobre pode contribuir para problemas de memória. Tenha uma dieta balanceada, com nutrientes de todos os tipos.

Beba água – Não beber água suficiente pode causar problemas de saúde, inclusive problemas de memória. Beba 8 copos de água por dia.

Evite o álcool – O álcool pode interferir com a memória e também pode interagir com alguns dos medicamentos que você talvez esteja tomando. Se você bebe álcool de qualquer modo, pergunte ao seu médico qual quantidade é segura para você.

Não fume – O cigarro faz com que menos sangue, oxigênio e nutrientes cheguem ao cérebro. Ele também danifica as células nervosas. Se você fuma, pergunte ao seu médico sobre maneiras que possam ajudá-lo a parar.

Faça uma avaliação de audição – A perda de audição pode interferir na memória. Tenha sua audição avaliada periodicamente.

Relaxe – Se você está estressado, pode ser mais difícil lembrar das coisas. Reserve um tempo para respirar profundamente. Relaxe com música ou exercícios.

Lembretes

Lembretes funcionam como uma “memória substituta”. Portanto, você não tem que guardar tudo na sua mente. Também pode ser muito útil se os outros ajudarem você a lembrar. Eles podem escrever instruções ou podem ligar para você para lembrá-lo de consultas ou de tomar os medicamentos.

Para nomes e números:

    • Coloque fotografias de sua família, amigos, médico, e outras pessoas importantes para você perto do telefone. Coloque o nome e número de telefone destas pessoas nas fotografias. Use telefones com ligação automática de números armazenados. Telefones com botões grandes também podem ajudar.

Para medicamentos:

    • Ponha notas no espelho do dormitório ou do banheiro lembrando-o de tomar seus medicamentos.
    • Use uma caixa de medicamentos com indicação diária ou semanal.
    • Escreva os horários de tomar os medicamentos em um calendário grande.
    • Ponha um despertador ou alarme para lembrar que é hora de tomar seus medicamentos ou use uma caixa de medicamentos com alarme embutido.

Para atividades diárias:

    • Ponha rótulos em armários e gavetas, listando seu conteúdo.
    • Use uma lousa para listar as tarefas e atividades de cada dia, com os horários de início de cada uma delas.
    • Use um calendário grande para marcar suas consultas ou para acompanhar a tomada dos medicamentos.
    • Tenha instruções passo a passo escritas e colocadas sobre os eletrodomésticos, mostrando como fazer funcionar o microondas, a cafeteira ou o computador.
    • Mantenha um diário para anotar as idéias que você quer se lembrar ou os pensamentos que teve. Deixe-o onde você possa ver e tente escrever nele todos os dias.

Auxílios para memória

Auxílios para memória são mudanças na sua rotina que podem ajudar a tornar mais fácil relembrar coisas. Você pode tentar os seguintes:

    • Organize-se – Limite o supérfluo. Jogue fora a correspondência desnecessária. Tenha um lugar certo para chaves, vidros e medicamentos. Ponha as coisas de volta no mesmo lugar todas as vezes que usá-las.
    • Use rótulos – Ponha rótulos em gavetas, armários e guarda-roupas. Por exemplo, use rótulos como “meia”, “garfos” e “toalhas”.
    • Escreva – Anote coisas das quais você precisa se lembrar. Use anotações e as coloque onde você precise delas. Use uma agenda para manter as informações importantes em um só lugar.
    • Simplifique – Crie uma rotina e siga-a. Tente fazer as mesmas coisas nos mesmos horários, tais como comer, caminhar ou ir pra cama.
    • Faça listas – Ponha uma lista diária em um local visível, marque os dias que já passaram no calendário.
    • Mantenha um ambiente familiar – Mantenha fotos, objetos de lembranças e coisas que você aprecia ao seu redor.

Estimulando sua mente

Manter seu cérebro ativo pode ajudá-lo a retardar a progressão da perda de memória. Exercícios mentais podem ajudar você a:

    • Lembrar mais facilmente.
    • Permanecer mais independente.
    • Sentir-se melhor consigo mesmo.
    • Dançar, cantar, assobiar, ler e escrever poesia e fazer palavras cruzadas exercitam a mente. Outros passatempos para ajudar a manter sua mente ativa são ler, pintar e fotografar.

Aqui estão alguns outros exercícios que você pode tentar fazer com seu cuidador:

    • Quadros mentais – Olhe para uma fotografia ou pintura. O que as pessoas no quadro estão fazendo? Crie uma história ou compartilhe uma lembrança.
    • Clipes de papel – Segure um clipe de papel em sua mão. De quantas maneiras você pode usá-lo? Entorte o clipe de papel. Isso faz você pensar em outras idéias?
    • Quadros musicais – Ponha uma música que você goste. Desenhe o que você escuta.
    • Leia uma coluna de conselho em jornais. Dê sua opinião sobre como responder aos problemas.